7 de setembro de 2014

A minha casa...

Há uns dias no blog Salto Alto li um artigo em que a autora falava da sua relação com a sua casa de universidade e isso fez-me pensar na relação que tenho com a minha.

A minha casa de universidade, aquela que me vai acolher pelo terceiro ano consecutivo, é aquela a que chamo realmente casa, é aquela que me dá prazer em estar de volta ao fim de um longo dia de aulas ou ao fim de umas férias. Muita gente me pergunta porquê que nunca mudei de casa, porquê que nunca quis ir viver com amigas ou o porquê de nem sequer nunca ter procurado outra. A resposta é simples eu adoro aquela casa, é o tipo de casa na qual começaria a construir uma família a dois, é simplesmente a minha cara e ao contrário de muitas outras tem ótimas condições, tenho Internet ilimitada e canais por cabo e o preço com as contas incluídas é bem dentro do “normal” de Viseu. Tentem imaginar um apartamento num sótão em pleno coração da cidade, completamente mobilado, todo branquinho (inclusive a mobília) com apontamentos em rosa, com três quartos de casal onde só faltava uma secretária... Simplesmente amoroso e versátil deixando-me completamente à vontade para o tornar meu...

Ultimamente tenho andado a fazer planos acerca do meu futuro já que vou para mestrado e as minhas colega de casa vão sair no fim do ano, não sei se consigo ou se quero ter de me adaptar a viver com pessoas diferentes, mas mesmo assim assusta-me pensar que um dia vou ter que deixar aquela casa e que aquela casa vai ser de outras pessoas. Na minha cabeça aquela foi desde sempre a minha casa, porque foi a que acolheu os momentos mais importantes da minha vida, foi naquele espaço que chorei, ri, sonhei, desesperei, amei…


Eu sei que um dia vou ter que a deixar mas a verdade é que essa ideia me assusta, no final de contas é a MINHA casa!! <3

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelo comentário! A vossa opinião é muito importante e ajuda-me a melhorar o conteúdo!
Após aprovação responderei a todos os comentários e visitarei os vossos blogs.
Espero que voltem!