29 de janeiro de 2018

Em suspenso...

Foi em novembro que me apresentaram uma proposta que aceitei quase de imediato. Era um trabalho de investigação que teria o seu inicio em janeiro de 2018. Nessa altura disseram-me que o lugar seria meu, mas que naturalmente se tinha de abrir as candidaturas. 
Nessa altura estava a trabalhar num centro de estudos, onde naturalmente tive de avisar antecipadamente que apartir de janeiro já não podiam contar comigo.

As candidaturas atrasaram-se e o que era para começar em janeiro passou  para fevereiro. Realizei todos os processos de seleção tal como os outros candidatos e nesta altura a minha esperança neste projeto já tinha de água a baixo. Quando saí da entrevista recebo um sms a dizer que tinha corrido muito bem, o que de certa forma voltou a dar alguma esperança. Até que durante o final de semana enviei uma mensagem a perguntar se sabiam quando iam sair os resultados porque não podia ter a  minha vida em suspenso durante muito mais tempo. Eis que recebo uma resposta curta a dizer que tenho pessoas à minha frente na tabela.

Eu nunca pedi especiais favores a ninguém, nunca pedi cunha e não ia ser nesta altura que ia pedir, mas se não tinham a certeza não me davam esperanças nem me davam as certezas que eles não tinham. Apesar de ter ficado muito desiludida e chateada com a situação (afinal desde novembro que tinha a minha vida em suspenso) agora é hora de ir à luta. 

Durante o final de semana tive a estudar bastante sobre procura de emprego e a importância de um bom currículo que espero que me ajude.

Querem que partilhe com vocês algumas dicas?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelo comentário! A vossa opinião é muito importante e ajuda-me a melhorar o conteúdo!
Após aprovação responderei a todos os comentários e visitarei os vossos blogs.
Espero que voltem!